Rua Luiz de Camões, 337 - Bairro Santo Antônio - Porto Alegre/RS

Tel: 51 3223 5520

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta-feira, das 8h30 às 12h - 13h30 às 18h - Sábados, das 9h às 12h

©  2018 Grêmio Sargento Expedicionário Geraldo Santana. Todos os direitos reservados.

  • Lili Bastos

CTG Glaucus Saraiva participa das festividades de 247 anos da capital


Durante as festividades de aniversário de Porto Alegre, os representantes do CTG Glaucus Saraiva participaram da solenidade de descerramento da placa que intitula o atracadouro localizado na Usina do Gasômetro com o nome do tradicionalista e folclorista Nico Fagundes, conforme a Lei 12.468. Em uma parceria com a Secretaria Municipal de Turismo, o evento, realizado no decorrer do domingo, 24 de março, contou com a participação de entidades que integram o Turismo de Galpão, projeto voltado ao atendimento de turistas e visitantes interessados em conhecer as práticas regionais, durante o Acampamento Farroupilha, na capital.

Na oportunidade, os CTGs Glaucus Saraiva e Estância da Azenha e os Piquetes Lendas do Sul e Fazendinha realizaram as atividades com o público que transitava no local. Além das oficinas, os representantes geraldinos realizaram apresentações artísticas de danças tradicionais, música e declamação. De acordo com Melissa Utz, primeira prenda juvenil da entidade, a oficina montada chamou a atenção e despertou curiosidade entre transeuntes. “Durante todo o dia, mantivemos uma oficina de brinquedos e brincadeiras, para quem quisesse brincar. Os participantes também levavam para casa um bilboquê, uma peteca ou um abre e fecha, confeccionado na hora. Muita gente matou a saudade da infância”, contou.

Amadrinhadas no violão pelo peão da invernada Diogo Almerao Hoffmann, Karla Gabriella da Silva Roman e a Juliana Guterres da Rosa declamaram poesias que versavam sobre a belezas gaúchas. Já as apresentações musicais ficaram por conta das prendas Laura Bertizzolo Leal, Ana Luiza Guterres da Rosa e Isabela Fortes Gralha. O grupo também homenageou o escritor gaúcho João Simões Lopes Neto, apresentando aos expectadores, além das danças tradicionais, coreografias que retratavam os mitos e lendas do Rio Grande do Sul.

O patrão Adão Chibiaque Barreto avaliou como positiva a participação. “Nossa presença foi importante porque fortalece a parceria com o poder público municipal e, especialmente, porque nos permitiu demonstrar o lindo trabalho que vem sendo realizado na entidade”, declarou.


56 visualizações